A teoria da exploração do socialismo-comunismo

Algumas leituras para entender o momento presente – 1.

Considere adquirir o livro: LINK PARA LIVRARIA

Considere retribuir ao autor: SITE DO AUTOR

Descrição do livro:

Com lógica devastadora e riqueza de detalhes, Böhm-Bawerk faz sua tese destruir as alegações socialistas. Seu rigoroso raciocínio e seu domínio das minúcias são convincentes e, de fato, irrefutáveis.

Suas conclusões são livres de sentimentos pessoais e de preconceitos; a apresentação, de uma sóbria elegância. Em suma, há poucas análises na história do pensamento econômico que podem ser equiparadas a esta.

Os argumentos de Böhm-Bawerk destróem completamente o alicerce do socialismo, sobre o qual se fundamenta na teoria da exploração. Segundo os socialistas, todos os bens econômicos são produtos unicamente do trabalho, e seus valores são determinados pela quantidade de trabalho exigida para a sua produção. Böhm-Bawerk demonstra que tal afirmação, além de ser contraditória, está em total desacordo com a realidade.

“Do ponto de vista da validade teórica”, conclui Böhm-Bawerk, “essa teoria ocupa um dos lugares de menor importância entre todas as demais teorias do juro. Por mais sérios que possam ser os erros de lógica cometidos por representantes de outras teorias, acho que dificilmente existam, como nessa, com o mesmo grau de gravidade e em uma concentração tão abundante. São afirmações frívolas e prematuras, uma dialética enganadora, com contradições internar e total cegueira diante dos fatos reais”.

View Fullscreen
Facebook Comments

Author: Vanderlei Dallagnolo

1 thought on “A teoria da exploração do socialismo-comunismo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *